REPORTAGEM NO SITE DA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DO RS

Professores do Brasil
Educadora de escola estadual de Ivoti conquista prêmio em concurso do MEC

Professora de Matemática na Escola Estadual de Educação Básica Mathias Schütz, em Ivoti, Denise Teresinha Brandão Kern foi vencedora do “Concurso Prêmio Professores do Brasil – 8ª Edição”, promovido pelo Ministério da Educação (MEC), na categoria temas livres, subcategoria Séries/Anos Finais do Ensino Fundamental.
A professora desenvolveu o “Projeto Aprendendo a Poupar” com alunos do 7º ano, em 2013-2014 que estudou os princípios básicos da Educação Financeira, como ética, renda, gastos e poupança. Como prêmio pelo projeto, Denise recebeu certificado, troféu e R$ 6 mil, além de uma placa comemorativa para a escola. A professora da rede estadual foi acompanhada pela diretora da instituição, Januza Glacir Bagolin Palmeira, na cerimônia que ocorreu na capital paulista, no Teatro do Sesc Vila Mariana, no dia 11 de dezembro.
“A ideia surgiu porque a turma questionava o auxílio que eu solicitava para a impressão de materiais de aula. A partir daí, decidimos juntos, avaliar esse valor e pensar em uma alternativa para economizar esse dinheiro”, explicou a professora. Os estudantes passaram, então, a controlar o dinheiro recebido dos pais. A turma abriu uma poupança onde cada um contribuía com depósito de R$ 5 reais mensais. Com o valor da poupança, realizaram viagem de estudo – com todas as despesas pagas – ao Museu de Ciências e Tecnologias da PUCRS.
“Além de aprender a poupar, aprendi a aproveitar melhor o dinheiro e a ser um consumidor responsável. Foi muito interessante”, disse o estudante Joel Barcelos, 14 anos. “Aprendemos a lidar melhor com o dinheiro e sobre consumo consciente. Cada mês pagávamos um valor e com o que economizamos, conseguimos ir ao Museu da PUCRS”, contou Marcela Wiest, 14 anos.
O Prêmio Professores do Brasil é uma iniciativa do Ministério da Educação (MEC), através da Secretaria de Educação Básica, juntamente com as instituições parceiras. O Prêmio foi instituído em 2005, e tem como objetivo reconhecer e premiar o mérito de professores das redes públicas de ensino, pela contribuição dada para a melhoria da qualidade da educação básica. Para tanto, são avaliadas as experiências pedagógicas bem–sucedidas e inovadoras.
O concurso consiste na seleção e premiação das melhores experiências pedagógicas desenvolvidas ou em desenvolvimento, entre 2013 e 2014, por professores das escolas públicas, em todas as etapas da educação básica e que, comprovadamente, tenham sido ou estejam sendo exitosas no enfrentamento de situações-problema, considerando as diretrizes propostas para o Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE).
Edição 2014
Nesta edição, concorreram trabalhos de duas categorias. A categoria temas livres foi dividida em quatro subcategorias – educação infantil, anos iniciais do ensino fundamental, anos finais do ensino fundamental e ensino médio; a categoria temas específicos também contou com quatro subcategorias – ciências para os anos iniciais do ensino fundamental, alfabetização nos anos iniciais do ensino fundamental, educação integral e integrada, e educação digital articulada ao desenvolvimento do currículo.
Premiação
Um total de 39 trabalhos foi selecionado. As experiências pedagógicas desenvolvidas pelos professores no âmbito escolar foram escolhidas entre os 6.808 projetos inscritos por educadores de 824 municípios.
A seleção de 2014 contempla professores das cinco regiões, sendo que a região Sul é a única que tem vencedores nos três estados; o Nordeste tem premiados de seis estados, o Norte de cinco, o Centro-Oeste, de três, e o Sudeste é representado por São Paulo e Minas Gerais.
Ao todo, foram premiados oito projetos nas regiões Nordeste, Sul, Sudeste e Centro-oeste, com exceção da região Norte que contemplou sete iniciativas.
Os professores responsáveis pelas experiências selecionadas pela Comissão Julgadora Nacional, independentemente de sua região e da categoria a que concorreram receberam a R$ 6 mil além de troféu e certificados expedidos pelas instituições promotoras do Prêmio. Já o vencedor de cada uma das oito subcategorias foi conhecido na Cerimônia de Premiação do concurso e fez jus a um prêmio extra de R$ 5 mil.

CINCO GAÚCHAS NAS OITO CATEGORIAS DO PRÊMIO PROFESSORES DO BRASIL – MEC

Cinco gaúchas

No Prêmio Professores do Brasil do MEC- 2014, cinco gaúchas venceram na região Sul do país. A entrega do troféu, diploma de Embaixadoras em Educação do MEC e placa para as Escolas aconteceu no dia 11/12/2014 em São Paulo, com a presença do Ministro da Educação, José Henrique Paim.

Só eu e o cartaz
Antes da premiação

Com a Januza
Com o troféu e a placa recebida pela vice diretora Januza Palmeira.

Com as de Ivoti
Com a colega de Ivoti, Roberta, vencedora de outra categoria e as gestoras Januza e Mônica.

Com secretária e Coordenadora
Com a Secretária de Educação Básica, Maria Beatriz Luce do Ministério de Educação – MEC, a Diretora de Formulação de Conteúdos ]Educacionais, Mônica Gardelli Franco – MEC e com a colega Roberta Shallenberger de Ivoti.

Com o ministro
Com o Ministro de Educação José Henrique Paim.

PREMIAÇÃO EM SÃO PAULO – PRÊMIO PROFESSORES DO BRASIL

Abertura

De 08 a 12/12/2014 estive em São Paulo acompanhada da vice-diretora Januza Palmeira da Escola Estadual Professor Mathias Schütz de Ivoti/RS, para receber o Prêmio Professores do Brasil. Durante a semana participamos com os outros 39 professores e 39 gestores (direção) ganhadores do Prêmio das 8 categorias. Foram momentos de compartilhar os Projetos premiados e conhecer um pouco da realidade de São Paulo nos Centros Educacionais.

10393754_875841092450190_7809323724817101613_n

Além do prêmio em dinheiro, recebemos um troféu, um título de Embaixadora da Educação do MEC e uma publicação com todos os trabalhos premiados.
Publicação do Pr~emio